Loading...

sexta-feira, 9 de julho de 2010

INFORMATIVO DE CULTURA ESPÍRITA / JULHO/10

MENSAGEM DO MÊS


PAZ EM TI

É muito importante a paz.
Governos a estabelecem fomentando guerras, gerando pressões,submetendo as vidas que se estiolam sob jugos implacáveis
A paz é imposta dessa forma, pelas armas,mediante coação e depois negociada em gabinetes.
Vem de fora e aflige,porque é aparente.
Faz-se legal,mas nem sempre é moralizada.
Tem a aparência das águas pantanosas, tranquilas na superfície, miasmáticas e mortíferas na parte submersa.
Assim se apresenta a paz do mundo, transitória, enganosa.

A paz legítima emerge do coração feliz e da mente que compreende, age e confia.

É realizada em clima de prece e de amor, porque da consciência que se ilumina ante os impositivos das Divinas Leis, surge a harmonia que fomenta a dinâmica da vida realizadora.
Essa paz não se turba,é permanente, nem se faz imposta.
Cada homem a adquire a esforço pessoal como coroamento das ação bem dirigida, objetivando os altos ideais.
Não basta no entanto, programar e falar sobre a paz. Mas, visualizando-a, pensar em paz e agir com pacificação, exteriorizando-a de tal forma que ela se estabeleça onde estejas e com quem te encontres.
Seja a paz, na Terra, o teu anseio, em oração constante, que se transforme em realização operante como resposta de Deus.
Orando pela paz, esse sentimento te invade, e o amor, que de Deus se irradia, anula todo e qualquer conflito que te domine momentaneamente.
A paz em ti ajudará a produzir-se a paz no mundo.
( Livro " Filho de Deus", pelo espírito Joanna de Angelis,psicografia de Divaldo Pereira Franco).



PSICOGRAFIA

GRUPO DE ORAÇÕES LUZES EM FÉ
DA ASSOCIAÇÃO ESPÍRITA BENEFICENTE IRMÃ NARCISA

Irmãozinhos, nós cumprimentamos a todos vocês nessa noite de intensa e suave luz!
As orações dirigidas ao Alto,são como ondas energizantes de bençãos que soam como clarões,iluminando a escuridão, e abrindo alamedas de luz e força, aos corações enevoados que habitualmente aguardam a presença de cada um de vocês, para o início de suas tarefas benfeitoras!
Nós vos saudamos,alegres,em nome de Jesus Cristo,pelo núcleo irradiante que promana de seus coraçõezinhos.
Irmãos,não existe nesse espaço infinito, que é a eternidade , um só pedido, que não seja escutado por nós, trabalhadores de Jesus. E é tão bom quando podemos atender a todos.Cada um tem em seu pedido, algo especial.
Mas é preciso lutar e nos dar elementos paupáveis, para podermos amparar. A prece é canal para a semente a ser plantada, crescer e obter vida plena para o amadurecimento.
A planta cresce e se tem solo fértil lá fica , e firme contribui para o alimento dos seres e para o adubo da terra,que se torna mais fértil aguardando novos plantios.
Assim é o vosso trabalho. Uma seara para semear,plantar e colher. O bom tempo,o sol, a chuva,nós fornecemos,e assim vamos adubando bons fluídos para serem colhidos e aproveitados.
Uma seara tem muito por fazer. Imagine um Centro Espírita!
Estamos certos de que juntos, unidos e trabalhando,nos fornecerão elementos necessários para trabalharmos outras frentes espirituais,que vos aguardarão nesta caminhada, que será árdua, mas que trará a felicidade para tantos irmãos.
Irmãos,não tenham receios,pois nós não os desampararemos. Agora começamos a enxergar a real força e a confiança que vocês depositam em vossos mentores.
Irmãos, grandes vitórias são semprre acompanhadas de muito trabalho, renúncia e fraternidade.
Irmãos,hoje começa aquilo que chamaios de" calvário dos médiuns " mas cujo calvário é caminhada de elevação para os vossos espíritos.
Sigam em frente com seus ideais, não tenham medo,pois tudo virá, agora a se estruturar com saudável sabor de que formou-se verdadeiramente o Grupo Espírita Irmã Narcisa.
Continuem suas vidas,pois hoje abriu-se um clarão maior, e nele vamos com todos vocês caminhar,sempre juntos.
Que Jesus vos abençoe!
Vossa Mentora
Irmã Narcisa
(mensagem mediúnica recebida pela médium Maria Suely de Godoy Costa em 08 de Outubro de 1998, por ocasião da implantação de novas tarefas na casa espírita.)


GRANDES VULTOS DO ESPIRITISMO


COMANDANTE EDGARD ARMOND


No dia 14 de junho de 1894 nasce em Guaratinguetá,no Vale do Paraíba, Estado de SãoPaulo, Edgard Pereira Armond. De família humilde,aos 21 anos, ingressa na Força Pública de São Paulo, onde inicia a carreira que lhe daria um título,pelo qual é conhecido até hoje " Comandante".
Em 1919 casa-se com Nanci de Menezes, filha do Marechal do Exército Manuel Feliz de Menezes. Participa de vários movimentos militares,atuando nas revoluções de 1922 e 1924 onde fez parte das tropas de ocupação nas nossas fronteiras com o Paraguai e Argentina
Em 1923 matricula-se na Escola de Farmácia e Odontologia do Estado, diplomando-se em 1926.
Paralelamente começa a estudar e trabalhar no Espiritismo, chegando a atuar ao lado do famoso médium Dr. Luiz Parigot de Souza, do Paraná. A convite de Canuto de Abreu,participa também de um grupo de estudos e práticas espíritas, principalmente na prática de trabalhos de efeitos físicos. Em 1938 sofre um acidente de automóvel que o deixou por 6 meses sem poder andar. Em 1939 é convidado a ocupar o cargo de secretário-geral da Federação Espírita do Estado de São Paulo ( FEESP).
Considerado inválido para continuar no exército, em 1940 deixa tudo para dedicar-se somente ao Espiritismo.
Tinha um caráter firme,moral elevada e detestava maledicência. Grande escritor de fenômenos psíquicos e de Mediunidade, escreveu 21 livros didáticos. Torna-se médium de psicografia, tinha vidência e outras mediunidades.
Em 1944 funda o Jornal " O SEMEADOR ", da FEESP,e também o programa de Rádio " Hora Espírita ", pela Rádio Tupi.
Em 1947, funda a USE - UNIÃO SOCIAL ESPÍRITA.
Em 1950 cria a ESCOLA DE APRENDIZES DO EVANGELHO, programa estabelecido pelo plano espiritual. Cria também o CURSO DE MÉDIUNS visando a melhoria do intercâmbio com o mundo espiritual e a FRATERNIDADE DOS DISCÍPULOS DE JESUS que passa a funcionar como órgão de agrupamento dos trabalhadores do campo religioso.
Em 1967,por motivo de doença, o Comandante pede afastamento da Federação,mas continua a colaborar á distânciano setor de publicidade,da organização dos centros espíritas, inclusive em países estrangeiros.
Em 1973, funda a ALIANÇA ESPÍRITA EVANGÉLICA.
Em 29 de novembro de 1982, desencarna no hospital Osvaldo Criz, na cidade de SãoPaulo, com 88 anos de uma vida ativa em prol da Doutrina Consoladora.

AS FRATERNIDADES DO ESPAÇO e EDGARD ARMOND
Em 1941, o Comandante Edgard Armond juntamente com Martha Gallego Thomaz ( Vó Martha) fundadora do Grupo Noel Rosa, em uma das reuniões mediúnicas, na Feesp, e outros médiuns, presenciou a manifestação do espírito de um rapaz vestido de branco que se identificou pelo nome de Hélio. Através desse espírito deu-se início aos primeiros contatos e trabalhos com as Fraternidades do Espaço.
"A primeira que apareceu", conta Vó Martha, " foi a fraternidade de Ismael, chamada de Fraternidade dos Cruzados,que tem a responsabilidade de proteger o Brasil, e teriam como intermediário o Comandante Edgard Armond.
Vó Martha diz que Ismael explica a origem das fraternidades e que podemos encontrar notícias no livro BRASIL, CORAÇÃO DO MUNDO,PÁTRIA DO EVANGELHO (FEB), psicografia de Chico Xavier,pelo espírito de Humberto de Campos.
E o que são Fraternidades ? São equipes elevadas do Plano Espiritual,orientadas a tarefas específicas.

No livros HISTÓRIA DAS FRATERNIDADES e o " INSTITUTO DE CONFRATERNIZAÇÃO UNIVERSAL", encontramos todas essas fraternidades e seus objetivos principais:
FRATERNIDADE DOS CRUZADOS: dirigente, ISMAEL, proteção ao Brasil, na evangelização.
FRATERNIDADE DO SANTO SEPULCRO : dirigente, RICARDO CORAÇÃO DE LEÃO, proteção ás casas espíritas e seus trabalhadores.
FRATERNIDADE DO TREVO , dirigente RAZIN, recuperação vibratória do Planeta, organização das casas espiritas, e que inspirou ao Comandante, fundar a Escolas de Aprendizes do Evangelho, fundando na Terra a FRATERNIDADE DOS DISCÍPULOS DE JESUS.( PROTEÇÃO NO DESENCARNE AOS ESTUDIOSOS DOS APRENDIZES DO EVANGELHO,NO MUNDO TODO )
FRATERNIDADE DOS HUMILDES, dirigente Dr.Bezerra de Menezes, assistência espiritual nas casas espíritasem trabalhos de cura.
FRATERNIDADE DOS ESSENIOS, dirigida por HILARION, trabalhos de cura e de reforma intima.
FRATERNIDADE DOS EGÍPCIOS , dirigida por SÊMULO, cura de doenças psíquicas e psiquismo dos médiuns.
FRATERNIDADE DOS HINDUS,dirigida por 2 agrupamentos sendo o 1.º por KRISHNA e o 2.º por GANDHI, auxílio aos sofredores e colaboração no desenvolvimento mediúnico, desobssessões.

FRATERNIDADE DO CÁLICE, dirigida por MARIA MADALENA, libertação das mentes escravizadas no vício e no erro.
FRATERNIDADE DA ROSA MÍSTICA,dirigida por MARIA DE NAZARÉ, vem com vários grupos, cuja sede fica na esfera superior : grupo das ANCIÃS, atende casos desesperados de suicídas, no Vale dos Suicídas; outro grupo é o das VIRGENS especializadas em receber crianças com traumas psíquicos; outro grupo SERVIDORAS DO GRANDE AMOR ", examinam problemas de adolescentes encarnados e desencarnados,encaminhando-os a templos de atendimento cristão;outro grupo CORRENTES INDÍGENAS, impedem a infiltração de entidades que possam perturbar a ordem do trabalhos das casas espíritas ( Correntes de ITAPORÃ e BROGOTÁ); GRUPO PASTEUR com amparo de SANTO AGOSTINHO, auxílio nas tarefas de passes padronizados trazendo harmonia aos tratamentos espirituais.
FRATERNIDADE DOS FILHOS DO DESERTO,dirigente SWAMITHIA,acompanham as servidoras de Maria, buscam nas casas espíritas as energias de paz emitidas pelas vibrações,para levar cura de um continente a outro.
Outras existem e o histórico de cada uma delas encontra-se nos livros acima citados.





ESPAÇO DO CHICO XAVIER

ORAÇÃO DO DISCÍPULO

pelo espírito de ANDRÉ LUIZ

Jesus!
Reconheço que a tua vontade
É sempre o melhor
Para cada um de nós;
Mas se me permites
Algo pedir-te
Rogo me auxilies
A ser uma benção
Para os outros...
Que assim seja!
Graças a Deus.





JESUS ENSINA AS CRIANÇAS



A VAIDADE

Era uma vez um Rei muitovaidoso. Esquecia seus súditos, gastando fortunas para satisfazer caprichos pessoais. Um dia anunciou que doaria generoso prêmio a quem trouxesse, na palma da mão, alguma coisa que representasse o seu poder.

No tempo marcado, apareceram os candidatos.

O primeiro colocando-se diante do Rei abriu amão e - OH! -nela estava bela miniatura de uma coroa de ouro, toda cravejada de pedras preciosas.

O Rei fez um muxoxo.

Outro, tomando-lhe a vez,espalmou na destra um trono, esculpido em delicado marfim e terminado em artísticos entalhes.

O Rei sorriu lisongeado.

Seguiram-se outros candidatos que traziam imponentes corcéis;arcas de tesouro com jóias miniaturizadas; mantos esplendorosos. A todos, o Rei após arregalar os olhos, determinava que passassem para o lado.

O último era um jovem.

Modestas roupas não escondiam o seu belo porte.Adiantou-se e calmamente abriu diante do Rei a sua palma.

Estava limpa e ... vazia!
- Como? - indignou-se o Rei,ao ver que nada havia na mão dojovem - que significa isto, afinal?

O jovem sorriu.

- Majestade ,fazendo ligeira reverência e continuando a mostrar a mão vazia, disse :toda a autoridade na Terra é uma delegação do Pai Celestial e todo poder será sempre retomado um dia. Que poderia melhor representá-lo,perante Deus que é o seu doador ? Nada melhor do que a palma da mão imaculada como o era no dia de seu nascimento.

O Rei ruborizou e baixou a cabeça.

Conta-se que,a partir daquela data, o Rei entrou em meditação e passou a ser menos generoso consigo próprio e mais devotado ao povo que lhe fora confiado no Reino.
( Retirado do livro "OPeixinho Azul " - Roque Jacinto - FEB ).



















































































Nenhum comentário:

Postar um comentário