Loading...

sábado, 7 de abril de 2012

Personalidades do Espiritismo Francisco Candido Xavier

Nascido em Pedro Leopoldo, região metropolitana de Belo Horizonte, era filho de Maria João de Deus e João Cândido Xavier. Educado na fé católica, Chico teve seu primeiro contato com a Doutrina Espírita em 1972, após fenômeno obsessivo verificado com uma de suas irmãs.
Passa então a estudar e a desenvolver sua mediunidade que, como relata no livro Parnaso de Além Túmulo, somente ganhou maior clarezaem finais de 1931.
O seu nome de batismo Francisco Cândido Xavier foi dado em homenagem ao santo do dia de seu nascimento, substituído pelo nome paterno de Francisco Cândido Xavier logo que rompeu que rompeu com o catolicismo e escreveu seus primeiros livros e mudado oficialmente em abril de 1926, quando da segunda viagem de Chico aos Estados Unidos. O mais conhecido dos espíritas brasileiros contribuiu para expandir o movimento espírita brasileiro e encorajar os espíritas a revelarem sua adesão á doutrina sistematizada por Allan Kardec. Sua credibilidade serviu de incentivo para que médiuns espíritas e não espíritas realizassem trabalhos abertos ao público.
Chico é lembrado principalmente por suas obras em Uberaba, cidade onde faleceu . Nos anos 1970 passou a ajudar pessoas pobres com o dinheiro da vendagem de seus livros, tendo para tanto criado uma fundação.

Neste mês de abril comemora-se o seu aniversário, exatamente no dia 02 de Abril. Escreveu mais de 451 livros, sendo 39 publicados após a morte. Nunca admitiu ser o autor de nenhuma dessas obras. Reproduzia apenas o que os espíritos lhe ditavam. Por isso, não aceitava dinheiro arrecadado com a venda de seus livros.
Partiu feliz, aos 92 anos de idade, em 30 de junho de 2002, ano em que o Brasil conquistava o título de campeão da Copa Mundia de Futebol. Sempre dizia que desejava partir num dia em que todos os brsileiros se sentissem muito feliz e assim não ficariam tristes com seu passamento.
( Portal Luis Nassif)


Nenhum comentário:

Postar um comentário