Loading...

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Personalidades do Espiritismo






ANTONIO WANTUIL DE FREITAS






Nasceu na cidade do Patrocínio do Muriaé, estado de Minas Gerais em 23 de Outubro de 1895, e desencarnou em 11 de Março de 1974, na cidade do Rio de Janeiro.






Diplomou-se em Farmácia em 1913, na cidade de Juiz de Fora(MG), na Escola de Farmácia e Odontologia do Instituto Granbery, casando-se em 1919 com D.Zilfa Fernandes de Freitas, com quem teve sete filhos.






Tornou-se farmacêutico- industrial e após ter assistido a uma sessão de médiuns, recebeu uma comunicação de sua mãe, com detalhes que só ele conhecia. Então passou a ser espírita, visto que até então lia muito sobre várias religiões.



Em 1944, deixa sua insdústria farmacêutica sob a direção de seus filhos, para dedicar-se integralmente ao espiritismo, do qual foi um grande defensor, incluindo várias passagens de relevância onde foi grande defensor da Doutrina Espírita, como no caso de Humberto de Campos; na justiça que queria que fichassem os dirigentes espíritas e que se fechassem todas as associações espíritas, inclusive a FEB, a fim de ditar normas para aberturas dos centros espíritas, impedindo o livre arbítrio das diretorias ( ocorrido durante o governo de Getúlio Vargas); na Sociedade de medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, da qual era sócio e que moveu acirrada campanha contra os espíritas, por parte de alguns membros.Wantuil Freitas, obteve sucesso em todas essas perseguições aos espíritas.



Em 1932 ingressou como sócio remido da Federação Espírita Brasileira (FEB), onde foi presidente durante 27 anos consecutivos, de 1943 a 1970.



Escreveu muitos livros, opúsculos, folhetos ,editados pela FEB e colaborou com artigos na revista REFORMADOR.



Em 05 de Outubro de 1949 colaborou na elaboração do chamado "PACTO AÚREO", realizado pela Grande Espírita do Rio de janeiro, que visava a união dos espíritas e a unificação do Movimento Espírita. Foi então autor de 18 ítens da ata a ser lavrada , sendo um deles ,a criação do Conselho Federativo Nacional, oficialmente instalado em 01/01/1950. Tinha uma capacidade de trabalho e de lúcida inteligência maravilhosa.



Se devem a ele os 4 únicos sêlos postais espíritas do mundo, sendo o 1.º sobre o Centenário do Espiritismo, em 1957, com grande repercussão internacional.



Graças aos seus esforços e de outros companheiros, nasceu a sede da FEB ( DF), num terreno doado pelo Novacap, com escritura assinada em 1985.



(Fonte: Anuário Espírita-1995 -n.º 32-Novembro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário