Loading...

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Aprendizes do Evangelho -JUNHO/2011











APRENDIZES DO EVANGELHO












POVOAMENTO DA TERRA






A FORMAÇÃO DO POVO HEBREU












PARAÍSO PERDIDO. RAÇA ADÂMICA












Pelo Espiritismo, o homem sabe donde vem, para onde vai, por que está na Terra, por que sofre temporariamente e vê por toda a parte a justiça de Deus.












Sabe que a alma progride incessantemente através de vidas sucessivas até atingir o grau de perfeição que a aproxima de Deus. Sabe que as almas têm o mesmo ponto de origem,são criadas iguais, com idêntica aptidão para progredir utilizando seu lívre arbítrio.






Que todas são da mesma essência e que não há entre elas diferença, se não quanto ao progresso realizado, pois todas têm o mesmo destino e alcançarão a mesma meta,mais, ou menos , rapidamente, pelo trabalho e boa vontade, depois de terem percorrido a estrada do progresso.






Sabe que toda criação deriva da Grande Lei De Unidade Que Rege O Universo ( Gênese, Allan Kardec, cap.1, item 30) ( Lei de Unidade: ver final da página 41 e início dapág. 42).






O homem sabe também que sua evolução se faz através de diversos mundos do Universo, que por sua vez também evoluem para poder dar ao Espírito a condição de vida necessária a um determinado grau de evolução,em que por ventura ele esteja.






OS MUNDOS PROGRIDEM:






Físicamente - pela elaboração ( ou seja, ordenação) da matéria;






Moralmente - pela purificação dos Espíritos que os habitam.






A felicidade dos Espíritos resulta da PREDOMINÂNCIA DO BEM SOBRE O MAL.






Escreve Kardec: " Logo que um mundo alcança um dos seus períodos de transformação que o deve fazer galgar a hierarquia, operam-se mutações em sua população encarnada e desencarnada; é então que se realizam as emigrações e imigrações coletivas.






Aqueles que, apesar da sua inteligência e de seu saber, perseveraram no mal, EM SUA REVOLTA CONTRA DEUS E SUAS LEIS, seriam a partir de então um entrave ao progresso moral ulterior; uma causa permanente de dificuldades ao repouso e felicidade dos bons.






É por isso que são excluídos e enviados a mundos menos adiantados; lá eles aplicarão sua inteligência e a intuição dos seus conhecimentos adquiridos, ao progresso daqueles em cujo meio são chamados a viver, ao mesmo tempo que expiarão numa série de existências penosas e através de um duro trabalho, suas faltas passadas e seu endurecimento voluntário" ( A Gênese, cap.XI, ítem 43)






Mas , ao mesmo tempo que os maus se afastam do mundo em que habitavam, Espíritos melhores aí os substituem vindos quer da erraticidade concernente a este mundo, quer de um mundo menos adiantado, que mereceram abandonar; Espíritos esses para os quais a nova habitação é uma recompensa. Assim, renovada e depurada a população espiritual dos seus piores elementos, ao cabo de algum tempo, o estado moral do mundo se encontrada melhorado.





São as vêzes parciais essas mudanças, isto é circunscritas a um povo,a uma raça; doutras vêzes são gerais,quando chega para o globo operíodo de renovação (GE- cap.XI - item 44). É o que ocorreu com a Terra,no pretérito,com a chegada da " raça adâmica".





Entendemos,então, que: a raça adamica apresenta todos os caracteres de uma raça proscrita. Os Espíritos que a integram foram exilados para a Terra, já povoada, mas de homens primitivos, imersos na ignorância, que aqueles que vieram,tiveram por missão fazer progredir,levando-lhes as luzes de uma inteligência desenvolvida.





Adão e Eva são o casal símbolo dos Exilados da Capela.





Adão personifica a Humanidade, sua falta individual, a fraqueza do homem,em que predominam os instintos materiais a que ele não sabe resistir. Eva significa VIDA; Adão e Eva significa A Vida da Humanidade( Livro A Gênese-Allan Kardec)





Os espíritos que foram afastados da Terra para mundos mais atrasados, sentirão, no novo mundo, quando lá encarnados, " a vaga recordação intuitiva" do mundo que perderam. Foi o que aconteceu com a raça adâmica, na Terra,dando origem aos relatos bíblicos relativos á expulsão do homem do paraíso e a consequente interpretação do pecado original.





Emmanuel ( mentor espiritual do Chico Xavier),em A CAMINHO DA LUZ, cap. III, fala das raças adâmicas terrenas, originárias de um dos orbes de Capela ( uma grande estrela da Constelação de Cocheiro), como conjunto de seres decaídos e degredados, que aqui na Terra foram recebidos amorosamente por JESUS, há muitos milênios. " Com essas entidades nasceram no orbe os ascendentes das raças brancas" e com o transcurso dos anos reuniram-se em quatro grandes ramos:





1- grupo dos Arias,localizaram-se na ÁSia; 2 - civilização do Egito,na África; 3 - povo de Israel, na Palestina, na Àsia ; 4 -castas da Índia,na Índia.





Finaliza Emmanuel,no mesmo capítulo, que "as quatro grandes massas de degredados,formaram os pródromos de toda a organização das civilizações futuras, introduzindo os mais largos benefícios no seio da raça amarela e da raça negra,que já existiam".





Bibliografia: GE cap.XI, itens 8, 17 a 49;A CAMINHO DA LUZ,cap.III - Emmanuel; OS EXILADOS DE CAPELA - Edgard Armond - Curso de Aprendizes do Evangelho 1.ºano -edições FEESP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário