Loading...

sábado, 13 de agosto de 2011

O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO/ADULTÉRIO/AGOSTO/11





ADULTÉRIO E PERDÃO



Não Julgueis para não serdes julgados; pois sereis julgados conforme houverdes julgados os outros; e aplicar-se-á a vós,na mesma medida , aquilo que aplicastes contra eles.( Mateus, 7:1 e 2)


Então os escribas e os fariseus levaram-LHE uma mulher que havia sido surpreendida em adultério, e fizeram-na ficar de pé no meio do povo e disseram a Jesus: Mestre,esta mulher acaba de ser surpreendida em adultério. Moisés nos ordena na Lei, apedrejar as adúlteras. Qual é, portanto, vossa opinião a respeito disso?Eles diziam isso querendo tentá-Lo, a fim de ter do que acusá-Lo. Mas Jesus, abaixando-se, escrevia com seu dedo na areia. Como continuassem a interrogá-Lo,levantou-se e lhes disse:Aquele dentre vós que estiver sem pecado lhe atire a primeira pedra. Após isso,abaixou-se de novo e continuou a escrever na areia. Mas,eles, o tendo ouvido falar assim, retiraram-se, um após o outro, os velhos saindo primeiro. E assim Jesus permaneceu sozinho com a mulher, que estava no meio da praça.


Então Jesus, levantando-se de novo, lhe disse: Mulher, onde estão os vossos acusadores? Ninguém vos condenou? Ela Lhe disse: Não Senhor. Jesus lhe respondeu: Eu também não vos condenarei. Ide e, no futuro, não pequeis mais. ( João, 8:3 a 11 )


No Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 10 - Bem Aventurados Os Que São Misericordiosos, encontramos essa passagem bíblica ,de Jesus. Os espíritos nos ensinam que Jesus faz do perdão um dever, pois não há ninguém que dele não tenha necessidade para si mesmo, e nos ensina que, não devemos julgar os outros com tanta severidade, condenando nos outros o que em nós iríamos perdoar.


Quando censuramos os outros, temos dois motivos para isso: 1) reprimir o mal ; 2) desacreditar a pessoa cujos atos estamos criticando( esse motivo provém da maledicência e da maldade, e por isso não tem desculpa.)


É bom observarmos que Jesus não condena a mulher adultéra, mas faz uma importante recomendação: vá e não peques mais.Essa orientação do Mestre indica que todos temos oportunidades de fazer nossa reforma interior e não errar mais naquilo que já sabemos que é contrário ás leis divinas.


No Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo 8,Bem- Aventurados Os Puros de Coração, ítem 5, temos a seguinte recomendação de Jesus: ..." Vos aprendestes o que foi dito aos antigos: Não cometereis adultério. Mas eu vos digo que qualquer um que tiver olhado para uma mulher cobiçando-a, já em seu coração, cometeu adultério. ( Mateus, 5:27 e 28).


A palavra adultério não deve ser entendida aqui no sentido que lhe é próprio, mas sim num sentido mais geral. Jesus empregou-a , muitas vezes, como um sentido mais amplo se referindo ao mal, ao pecado, e todo e qualquer mau pensamento, como ocorre por exemplo, nesta passagem: Por que se alguém se envergonhar de mim e de minhas palavras dentre esta geração adúltera e pecadora, o Filho do Homem também se envergonhará dele, quando vier acompanhado dos santos anjos, na glória de seu Pai ( Marcos, 8:38).


A verdadeira pureza não está apenas nos atos; está também no pensamento, pois aquele que tem puro o coração, nem mesmo pensa no mal. Foi o que Jesus quis dizer ao condenar o pecado, mesmo em pensamento, porque é um sinal de impureza, e de que é precisa esforçar-se mais para alcançar o progresso moral e espiritual, por consequência. Aquele que se compraz com o mal é porque o mal o satisfaz. O que só pensa em fazer o mal, já está em vias de progredir e o que nem pensa no mal, já realizou um progresso.


É bom lembrarmo-nos de que em qualquer situação dessas, o perdão das ofensas deve ser praticado ,pois perdoar as ofensas é mostrar que se tornou melhor do que se era antes.( E.S.E. cap.10,ítem 15)

















Nenhum comentário:

Postar um comentário